Quem sou eu

Minha foto

Olá! Sou professora de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação de Campinas e trabalho com inclusão escolar na rede regular de ensino, desde 2003. Atualmente atuo na Sala de Recursos Multifuncionais, fazendo o Atendimento Educacional Especializado para crianças com deficiência, TGD e altas habilidades no contra turno da escola regular. Sou casada, tenho dois filhos pequenos (meus ruivinhos lindinhos) e um cachorro fofo. Nossa família é cristã e sempre se reúne para orar, ler a Bíblia e fazer estudos bíblicos com as pessoas. Gosto muito de ler, cantar, tocar violão, meia lua. Também escrevo livros infantis e gosto muito desse trabalho. Tenho quatro livros publicados pela Editora Árvore da Vida,  artigos sobre educação e um livro digital publicado pela Saraiva: Josias - pé na cidade, coração no rio. Outros livros estão em andamento! Possuo quatro blogs:

Espero que você goste! Boa leitura!

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Como contar histórias de formas diferentes - parte 6. Manancial, fonte e rios de água da vida!


Trabalhei com as crianças o livro "Por um buraco no teto", a história: "Meio dia".
Nessa lição, há um item chamado "Você sabia?", onde fala de Deus Pai ser representado como o manancial, uma água inacessível,  que estava oculta na terra, mas que se revelou pela fonte, que é o Filho de Deus, Jesus Cristo, quando Ele veio em carne e viveu entre nós. Porém,  essa água da vida realmente se tornou acessível quando Jesus morreu e ressuscitou, tornando-se o Espírito que dá a vida, representado pelos rios da água da vida, que jorram dessa fonte e percorrem pela terra, de maneira que todos os homens podem desfrutá-la.!
Muito rico! Fazer a maquete com eles permitiu que as crianças entendessem isso! Levei uma bomba d'água também e montei uma fonte de água primeiro, para que eles entendessem que a água oculta saía pela pequena fonte e jorrava formando um riacho. Eles gostaram muito. Depois de falar a palavra, observando essa pequena  fonte de água, fomos fazer essa maquete. O trabalho foi muito legal! Fica a dica!









sexta-feira, 3 de maio de 2013

Como contar histórias de maneira diferente -parte 5.

Esses dias minha mãe, a amada irmã Fátima, estava na sala de crianças e o encargo da palavra era Os três amigos de Daniel na fornalha de fogo (Daniel 3).


Ela pegou uma caixa de sapato,cortou a parte de cima,
 vazando a tampa e encapou para fazer a fornalha.










Fez desenhos dos diferentes cenários da história e colou num papel mais resistente (papel cartão). Esses cenários eram colocados na caixa.







Conforme ela ia contando a história, ia mudando os cenários.Fica aí uma boa dica para contar história. As crianças gostaram muito e prestaram atenção. Dá para repetir com a história de Daniel na cova dos leões.

 Todos tinham que adorar a estátua de ouro que o rei havia feito.



Como os três amigos de Daniel não adoraram a estátua, foram jogados na fornalha.












Porém, quando o rei olhou para a fornalha, viu não apenas três, mas quatro homens andando pelo fogo!