Quem sou eu

Minha foto

Olá! Sou professora de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação de Campinas e trabalho com inclusão escolar na rede regular de ensino, desde 2003. Atualmente atuo na Sala de Recursos Multifuncionais, fazendo o Atendimento Educacional Especializado para crianças com deficiência, TGD e altas habilidades no contra turno da escola regular. Sou casada, tenho dois filhos pequenos (meus ruivinhos lindinhos) e um cachorro fofo. Nossa família é cristã e sempre se reúne para orar, ler a Bíblia e fazer estudos bíblicos com as pessoas. Gosto muito de ler, cantar, tocar violão, meia lua. Também escrevo livros infantis e gosto muito desse trabalho. Tenho quatro livros publicados pela Editora Árvore da Vida,  artigos sobre educação e um livro digital publicado pela Saraiva: Josias - pé na cidade, coração no rio. Outros livros estão em andamento! Possuo quatro blogs:

Espero que você goste! Boa leitura!

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Proposta de brincadeira legal para as crianças!


Essa brincadeira pode ser feita quando trabalharmos com as crianças as parábolas da ovelha perdida, dracma perdida ou do filho pródigo, em Lucas 15. 


A OVELHA PERDIDA.

Material: vendas e sino.


Uma ovelha se perdeu e todos sairão para encontrá-la!


Uma criança será a ovelha que se perdeu e ficará com o sino. As demais crianças  estarão com a venda nos olhos e serão os pastores a procura da ovelha.
Para começar a brincadeira, reúna todas as crianças vendadas num canto da sala e a ovelha perdida deverá  ficar com o sino do outro lado. Ao falar já, todas as crianças deverão sair a procura da que se perdeu, tentando localizá-la pelo barulho do sino que ela segura. Combinar com a criança que está com o sino que ela deverá tocá-lo de vez em quando, se movimentando pela sala, mas sem correr! O primeiro que tocar na ovelha perdida, passará a ocupar esse papel na próxima rodada da brincadeira!
Se a parábola contada for a da dracma, a criança com o sino será a dracma e as demais serão as mulheres que procuram a moeda perdida. Se for do filho pródigo, a criança com o sino será o filho e as demais os pais.

O Senhor abençoe vocês!

segunda-feira, 10 de junho de 2013

A importância de falarmos a Palavra para as crianças.

Nesse sábado, meu filho de seis anos chegou em casa e disse:
"Mamãe, hoje eu aprendi uma coisa muito legal na salinha. A gente brincou de sombras! Você sabia que o velho testamento é uma sombra do novo?"
"É Miguel, como assim?"
"Por exemplo, tem a minha mão e tem a sombra dela. Que nem, Jonas ficou três dias e três noites na barriga do peixe. Jesus também morreu e ficou três dias, mas depois ressuscitou. Jonas é a sombra da história de Jesus!"

Fiquei muito encorajada. No sábado a lição era essa, extraída do livro O Bom Depósito e não era muito fácil de trabalhar. Sugeri para a irmã apagar a luz da salinha e fazer bastante atividade com sombras. Primeiro ela retomou com as crianças várias histórias da bíblia que elas conheciam: Abraão, a rocha ferida por Moisés, Jonas e todas as promessas com respeito a Jesus, que estão no Velho Testamento. Foi muito rico! O compartilhar espontâneo do meu filho em casa mostrou que ele realmente entendeu. Nessa sala, em especial, temos crianças de 3 anos até 11, todas juntas e sempre procuramos dar a palavra e levar exemplos concretos, atividades manuais, para que elas fixem o que aprenderam. 

  • Atividade:pendurar um lençol, apagar as luzes e brincar de sombra. Vocês vão precisar de lençol, abajur ou lanterna e barbante para perdurar o lençol na sala. A criança pode ir atrás da cortina, entre esta e a luz e fazer algo para que todos adivinhem o que é... Pode imitar um personagem do velho testamento, por exemplo, fazer algo com as mãos...
Segue o livro orientador, que é um livro do professor e não para ser aplicado diretamente com as crianças. Ele vem com o encargo da palavra, os versículos, a aplicação prática a ser dada, relacionando a palavra com a vida das crianças e com propostas de atividades, inclusive musicais. O Bom Depósito é composto de cinco volumes. 




Provérbios 22:6 "Ensina a criança o caminho que deve andar e ainda quando for velho, não se desviará dele.”

domingo, 9 de junho de 2013

História em quadrinhos para trabalhar textos e histórias bíblicas.

Numa outra postagem, para trabalhar o livro "Por um buraco no teto", eu sugeri que fizéssemos histórias em quadrinhos com as crianças. 
Como?
 Dividindo uma folha de sulfite em seis partes e pedindo que elas reproduzissem a história contada em formato de história em quadrinhos, que depois ficariam expostas na salinha das crianças.
Para isso é muito importante, após contarmos a história, trabalharmos o começo - primeiro quadrinho, o meio - os quatro quadrinhos que seguem e o fim ou o último quadrinho, mostrando a importância da ilustração na compreensão de quem vai ler a história feita por elas.
Prometi para as crianças que postaria suas HQs aqui no blog. Alguns não conseguiram terminar, mas postei mesmo assim. 
Segue :)















Propostas de atividades para lições bíblicas difíceis!

Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm águas. 


Jeremias 2:13

Um dia, tínhamos uma lição difícil para tratar com as crianças. Iríamos falar de todos os reis na bíblia que não obedeceram ao Senhor e que causaram,  pela desobediência e idolatria, o cativeiro do povo de Deus para a Babilônia. Ao mesmo tempo, iríamos falar de Jeremias (Jr 36), mostrando quantas vezes ele falou ao povo e aos reis, advertindo-os para que estes se voltassem ao Senhor e se arrependessem de seus maus caminhos.
Como essa história é muito grande, enfatizamos o profeta Jeremias e o que ele fez, pois foi ele quem interferiu e profetizou o tempo todo o que iria acontecer, sendo o mediador entre Deus e os reis.
Nessa história, Jeremias dita para Baraque as palavras do Senhor, que as escreve em um rolo. Baraque lê para o povo e depois para o rei, que despreza ao Senhor e joga o rolo no fogo. O Senhor fala novamente com Jeremias, que escreve novamente as palavras em outro rolo.

Atividade:

Nesses casos, as crianças precisam de atividades mais concretas, para compreenderem o que é, por exemplo, o pergaminho, ou rolo. Então, fizemos com elas um pergaminho, imitando o rolo de Jeremias. Usamos um pedaço de folha de papel kraft para cada criança. Pedimos que elas escrevessem na folha o versículo de Jeremias 2:13 e fizessem um desenho. Colamos em cada ponta um palito de churrasco com fita crepe. Depois, enrolamos o pergaminho ou rolo e cada criança levou o seu para casa, para entregar para os pais e explicar a história que haviam aprendido.
Ficou muito legal:
































Segue o texto:
Jeremias 36
Sucedeu pois no ano quarto de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, que da parte do Senhor veio esta palavra a Jeremias, dizendo:
Toma o rolo dum livro, e escreve nele todas as palavras que te hei falado contra Israel, contra Judá e contra todas as nações, desde o dia em que eu te falei, desde os dias de Josias até o dia de hoje.
Ouvirão talvez os da casa de Judá todo o mal que eu intento fazer-lhes; para que cada qual se converta do seu mau caminho, a fim de que eu perdoe a sua iniqüidade e o seu pecado.
Então Jeremias chamou a Baruque, filho de Nerias; e escreveu Baruque, no rolo dum livro, enquanto Jeremias lhas ditava, todas as palavras que o Senhor lhe havia falado.
E Jeremias deu ordem a Banique, dizendo: Eu estou impedido; não posso entrar na casa do Senhor.
Entra pois tu e, pelo rolo que escreveste enquanto eu ditava, lê as palavras do Senhor aos ouvidos do povo, na casa do Senhor, no dia de jejum; e também as lerás aos ouvidos de todo o Judá que vem das suas cidades.
Pode ser que caia a sua súplica diante do Senhor, e se converta cada um do seu mau caminho; pois grande é a ira e o furor que o Senhor tem manifestado contra este povo.
E fez Baruque, filho de Nerias, conforme tudo quanto lhe havia ordenado Jeremias, o profeta, lendo no livro as palavras do Senhor na casa do Senhor.
No quinto ano de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, no mês nono, todo o povo em Jerusalém, como também todo o povo que vinha das cidades de Judá a Jerusalém, apregoaram um jejum diante do Senhor.
Leu, pois, Banique no livro as palavras de Jeremias, na casa do Senhor, na câmara de Gemarias, filho de Safã, o escriba, no átrio superior, à entrada da porta nova da casa do Senhor, aos ouvidos de todo o povo.
E, ouvindo Micaías, filho de Gemarias, filho de Safã, todas as palavras do Senhor, naquele livro,
desceu à casa do rei, à câmara do escriba. E eis que todos os príncipes estavam ali assentados: Elisama, o escriba, e Delaías, filho de Semaías, e Elnatã, filho de Acbor, e Gemarias, filho de Safã, e Zedequias, filho de Hananias, e todos os outros príncipes.
E Micaías anunciou-lhes todas as palavras que ouvira, quando Baruque leu o livro aos ouvidos do povo.
Então todos os príncipes mandaram Jeúdi, filho de Netanias, filho Selemias, filho de Cuche, a Baruque, para lhe dizer: O rolo que leste aos ouvidos do povo, toma-o na tua mão, e vem. E Banique, filho de Nerias, tomou o rolo na sua mão, e foi ter com eles.
E disseram-lhe: Assenta-te agora, e lê-o aos nossos ouvidos. E Baruque o leu aos ouvidos deles.
Ouvindo eles todas aquelas palavras, voltaram-se temerosos uns para os outros, e disseram a Banique: Sem dúvida alguma temos que anunciar ao rei todas estas palavras.
E disseram a Baruque: Declara-nos agora como escreveste todas estas palavras. Ele as ditava?
E disse-lhes Baruque: Sim, da sua boca ele me ditava todas estas palavras, e eu com tinta as escrevia no livro.
Então disseram os príncipes a Banique: Vai, esconde-te tu e Jeremias; e ninguém saiba onde estais.
E foram ter com o rei ao átrio; mas depositaram o rolo na câmara de Elisama, o escriba, e anunciaram aos ouvidos do rei todas aquelas palavras.
Então enviou o rei a Jeúdi para trazer o rolo; e Jeúdi tomou-o da câmara de Elisama, o escriba, e o leu aos ouvidos do rei e aos ouvidos de todos os príncipes que estavam em torno do rei.
Ora, era o nono mês e o rei estava assentado na casa de inverno, e diante dele estava um braseiro aceso.
E havendo Jeúdi lido três ou quatro colunas, o rei as cortava com o canivete do escrivão, e as lançava no fogo que havia no braseiro, até que todo o rolo se consumiu no fogo que estava sobre o braseiro.
E não temeram, nem rasgaram os seus vestidos, nem o rei nem nenhum dos seus servos que ouviram todas aquelas palavras
e, posto que Elnatã, Delaías e Gema rias tivessem insistido com o rei que não queimasse o rolo, contudo ele não lhes deu ouvidos.
Antes deu ordem o rei a Jerameel, filho do rei, e a Seraías, filho de Azriel, e a Selemias, filho de Abdeel, que prendessem a Baruque, o escrivão, e a Jeremias, o profeta; mas o Senhor os escondera.
Depois que o rei queimara o rolo com as palavras que Banique escrevera da boca de Jeremias, veio a Jeremias a palavra do Senhor, dizendo:
Toma ainda outro rolo, e escreve nele todas aquelas palavras que estavam no primeiro rolo, que Jeoiaquim, rei de Judá, queimou.
E a Jeoiaquim, rei de Judá, dirás: Assim diz o Senhor: Tu queimaste este rolo, dizendo: Por que escreveste nele anunciando: Certamente virá o rei da Babilônia, e destruirá esta terra e fará cessar nela homens e animais?,
Portanto assim diz o Senhor acerca de Jeoiaquim, rei de Judá: Não terá quem se assente sobre o trono de Davi, e será lançado o seu cadáver ao calor de dia, e à geada de noite.
E castigá-lo-ei a ele, e a sua descendência e os seus servos, por causa da sua iniqüidade; e trarei sobre ele e sobre os moradores de Jerusalém, e sobre os homens de Judá, todo o mal que tenho pronunciado contra eles, e que não ouviram.
Tomou, pois, Jeremias outro rolo, e o deu a Baruque, filho de Nerias, o escrivão, o qual escreveu nele, enquanto Jeremias ditava, todas as palavras do livro que Jeoiaquim, rei de Judá, tinha queimado no fogo; e ainda se lhes acrescentaram muitas palavras semelhantes. 
Jeremias 36:1-32 

Vida saudável - maio 2013

Seguem as fotos da vida saudável! Muito bom estar com as crianças e jovens num ambiente onde eles podem receber e desfrutar da palavra de Deus, junto com a família da fé!


Voleibol







Queimada:








Pique Bandeira











Futebol: